Dê o melhor da sua empresa na Internet

Foto: Reprodução

Para ajudar a conceber a estratégia de sua campanha nesta ferramenta e adequá-la às necessidades da sua empresa, separamos dez atitudes que fortalecerão sua campanha para que ela seja bem sucedida no universo do Adwords

O Google Adwords é uma importante ferramenta para potencializar investimentos que fortaleçam sua presença na Web. Em tempo de crise, saber usar tal ferramenta e a verba utilizada para isso, são fatores primordiais para fazer a diferença. Sabemos que o Adwords é um sistema de links patrocinados, que funciona no modo CPC (Custo por Clique) e que tem feito a diferença na publicidade de muitas empresas 

Pensando nisso, para ajudar a conceber a estratégia de sua campanha nesta ferramenta e adequá-la às necessidades da sua empresa, separamos dez atitudes que fortalecerão sua campanha para que ela seja bem sucedida no universo do Adwords. Veja:

1. Trace um objetivo. 
Não adianta iniciar uma campanha de Adwords com o pensamento "quero vender mais". É preciso estabelecer uma quantidade, uma proporção, algo plausível para análise de desempenho. É preciso também saber em quanto tempo esse "aumento de vendas" deve ser alcançado. Por exemplo, tenho um site que vende meias, com uma média de 300 visitas diárias e duas vendas. Quero passar a 3000 visitas ao dia em quatro meses. Isso influencia diretamente no investimento financeiro a ser feito.

2. Se situe. 
Para que as pessoas se interessem pela sua campanha, é preciso que ela seja muito objetiva e exponha o melhor do seu produto. Identifique precisamente o que o seu produto ou serviço oferece e suas maiores qualidades. No meu site de meias, por exemplo, não vou vender meias de seda ou algodão. Vendo pernas bonitas e pés quentes.

3. O ponto de partida. 
Recolha o maior número de informações possível sobre a sua situação atual. Com o Google Analytics, você pode obter informações do tipo: quanta visitas tem atualmente, qual sua origem, quanto tempo ficam no site, o que mais buscam, por onde navegam no site, quanto cada cliente gasta em média? Quanto mais dados recolher, melhor. Conheça seu público.

4. Conheça os concorrentes. 
Seu site pode ser muito bom e seu produto de muita qualidade e, mesmo assim, não consegue captar os clientes que queria. O problema pode ser a concorrência. Recolha informações do tipo: Quem são seus concorrentes no Google? O que, como e quando anunciam? Onde se posicionam? Os anúncios são sempre os mesmos ou mudam? Para onde os anúncios levam os usuários?

5. Trace uma estratégia. 
Talvez, para alcançar seus objetivos, você não precise aparecer em primeiro lugar em todas as buscas ou fazer uma campanha CPC por muito tempo. Após analisar todas as informações recolhidas, estabeleça a estratégia a ser seguida.

6. Comece a campanha. 
Organize sua campanha por tópicos, cada produto ou serviço pode ser mais bem explorado com uma campanha específica. Aproveite também os recursos de localização geográfica, idioma e tipo de anúncio, para mostrar uma propaganda ao público que realmente está interessado no seu produto.

7. Não use palavras-chave duplicadas. 
Até mesmo o Google desaconselha fazer campanhas diferentes focando a mesma keyword. Isso apenas fará seus anúncios concorrer entre si. Além disso, o Google mostra apenas um anúncio de cada anunciante em cada página de resultados.

8. Atenção aos detalhes. 
Um menor número de keywords, porém mais específicas, dão mais resultado nas campanhas do que uma lista enorme e genérica de propagandas. Coloque a keyword no texto do seu anúncio. Evidencie os aspectos exclusivos do seu produto/serviço na propaganda.

9. Não se engane. 
Direcionar seus clientes apenas para a sua página inicial não é um bom negócio. Mandá-los para as páginas específicas dos produtos nos quais clicaram nos anúncios, pode trazer uma taxa de conversão melhor. Unir uma campanha SEM (Search Engine Marketing/Links Patrocinados) a uma otimização do SEO (Search Engine Optimization/Buscas Orgânicas) da sua página, pode melhorar muito os resultados.

10. Acompanhe seu desempenho. 
Você estudou, recolheu informações, estabeleceu objetivos e montou sua campanha. Ótimo. Só não se esqueça de acompanhar e monitorar de perto os resultados. Elas também o ajudarão a definir o melhor caminho a seguir.

Compartilhar: