“Ronaldo Caiado é meu companheiro e vamos caminhar juntos mundo afora”, diz Iris

Reprodução

Ronaldo Caiado foi recepcionado por Iris em mais uma edição do Mutirão nos Bairros, na Vila Rizzo, região Oeste de Goiânia

O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado, foi recepcionado neste sábado (16/09) pelo prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB), em mais uma edição do Mutirão nos Bairros, realizado nesta sétima edição na Vila Rizzo, região Oeste de Goiânia. Para o peemedebista, o parlamentar é um grande companheiro de caminhada.

"Ronaldo Caiado é meu companheiro há muito tempo. Fizemos juntos a campanha em 2014 e juntos vamos caminhar por este mundo afora", garantiu o prefeito.

A fala foi durante coletiva, quando a imprensa questionou os dois sobre a unidade para 2018. O senador lembrou que a luta pela união é prioridade.

"O processo será consolidado. Estamos fazendo algo diferente dos anos anteriores, com vários encontros regionais. Não chegaremos em 2018 de improviso, mas com uma chapa bem montada", disse.

Aprovação
Esta é a terceira edição que conta com a participação do senador. Nos últimos dois meses o democrata acompanhou as atividades junto ao prefeito nas regiões Leste e Sul de Goiânia. Para o parlamentar, a adesão da população é um claro sinal de que ela aprova a administração do prefeito Iris Rezende.

"É sempre uma surpresa positiva ver a participação dos goianienses nos mutirões da Prefeitura. Hoje estive na 7ª edição e vi como os cidadãos participam ativamente quando são recepcionados de maneira séria e competente pela administração pública. O prefeito Iris Rezende sempre mostrou ao Brasil que é preciso ir às ruas conversar com as pessoas. Política não se faz em gabinete", afirmou.

No evento de hoje, moradores da região fizeram questão de tirar fotos com o senador e manifestar apoio ao trabalho no Senado. O mutirão também foi uma oportunidade de encontros com a ex-deputada Íris Araújo (PMDB); o presidente da Câmara de Goiânia, Andrey Azeredo; o deputado estadual Wagner Siqueira (PMDB); vereadores da capital e o advogado Djalma Rezende. (Assessoria de Imprensa)

 

Compartilhar: