Danielistas estudam lançar a campanha “Caiado não manda no PMDB”

Agências Câmara e Senado

Daniel Vilela e Ronaldo Caiado: apesar dos salamaleques públicos, o deputado e o senador estão às portas de uma guerra declarada | Fotos: Agências Câmara e Senado

Um grupo de deputados e líderes pretende lançar uma campanha, sobretudo no interior, com o slogan “Caiado não manda no PMDB”. Os peemedebistas só precisam do “autorizo” do deputado federal Daniel Vilela, presidente regional do partido.

Vários peemedebistas ainda não explicitaram a “revolta” contra Ronaldo Caiado porque os Vilelas, Daniel e Maguito, estão segurando-os. Se dependesse deles, as críticas seriam contundentes e constantes na imprensa.

A tese dos peemedebistas tem sua lógica: o PMDB é, depois do PSDB, o maior partido de Goiás. Portanto, sublinham, é imperativo que lance candidato próprio ao governo. Eles frisam que, se tem dois nomes consistentes, Daniel Vilela e Maguito Vilela, por que “correr” atrás de um candidato de outro partido, Ronaldo Caiado, do DEM?

Os peemedebistas insistem que, se quer provar que é leal ao PMDB, Ronaldo Caiado tem de declarar apoio a Daniel Vilela para governador. “Em 2014, com uma única vaga para senador, o peemedebismo abriu mão de lançar candidato para bancar Caiado, que só foi eleito por ter usado a estrutura do PMDB. Agora, quatro anos depois, o partido vai, mais uma vez, doar sua estrutura para o presidente do DEM usá-la? Onde está escrito que Daniel e Maguito são idiotas?”, frisa um deputado.

Um prefeito do PMDB man­da um recado duro para os iristas que estão articulando a “campanha” de Ronaldo Caia­do: “Talvez Samuel Belchior não saiba, ou esteja fingindo que não sabe, mas o grupo de Daniel Vilela controla o Diretó­rio do PMDB. Portanto, nós te­mos maioria para indicar o can­di­dato e podemos afiançar: o candidato do PMDB não será Ro­naldo Caiado. Será Daniel Vilela ou Maguito Vilela. É definitivo”.

Os maguitistas são mais discretos, mas os danielistas estão cada vez mais irritados com Ronaldo Caiado e Samuel Belchior. Este teria dito, em Morrinhos, que Daniel Vilela não será candidato a governador “nem em Goiás nem na China”. Ele também teria comentado que Iris Rezende vai “cozinhar” Daniel Vilela em banho-maria e, na hora agá, vai bancar Ronaldo Caiado para o governo. (Jornal Opção)

Olhe link da matéria completa:
https://www.jornalopcao.com.br/bastidores/danielistas-estudam-lancar-campanha-caiado-nao-manda-no-pmdb-106488/

 

 

 

Compartilhar: