Cunha diz que pedidos de impeachment serão despachados ainda este ano

Foto: J.Batista/ Câmara dos deputados

Durante coletiva nesta tarde, o peemedebista afirmou que despachará ainda este ano os pedidos de saída da petista protocolados na Casa

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), negou nesta quinta-feira, 19, que tenha dito a aliados que a decisão dos pedidos de impeachment da presidente Dilma Rousseff ficará para 2016. Em entrevista coletiva nesta tarde, o peemedebista afirmou que despachará ainda este ano os pedidos de saída da petista protocolados na Casa. 

Como mostrou nesta quarta-feira, 18, o Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, Cunha teria dito a aliados não ver chances de abrir o processo de impeachment de Dilma neste ano, por considerar que não há mais apoio popular para isso. Ele teria dito isso em jantar na quarta-feira da semana passada, na residência oficial da presidência da Câmara.

Compartilhar: