Idosa mantida em cárcere privado era impedida de comer e tomar remédio

Reprodução/Internet

Corretor de imóveis abordou a vítima quando ela saía da igreja em Piracicaba

Um corretor de imóveis, de 52 anos, foi preso em flagrante por manter uma idosa de 63 anos em cárcere privado durante 20 dias em Piracicaba (SP). A Guarda Civil encontrou a mulher abatida e magra na noite de sexta-feira (7).

De acordo com o G1, os agentes encontraram lixo, jornais e outros objetos jogados no chão do corredor insalubre onde a idosa ficava. O suspeito proibia a vítima de tomar remédios e não a alimentava. Além disso, ele usava um pedaço de madeira para impedir que ela fosse aos outros cômodos da casa.

Ainda de acordo com a reportagem, a mulher disse que já conhecia o suspeito e, por isso, não suspeitou de nada. Ela foi abordada por ele quando saía de um culto, na Avenida Rio das Pedras.

(Notícias ao Minuto)

Olhe link da matéria completa:
https://www.noticiasaominuto.com.br/justica/649345/idosa-mantida-em-carcere-privado-era-impedida-de-comer-e-tomar-remedio

 

 

Compartilhar: