Detento é morto dentro de cadeia no mesmo dia em que foi preso, em Jataí

Reprodução

Marcelo Marçal Silveira, 26, foi levado para presídio pela manhã e assassinado à tarde; colega de cela confessou o crime, alegando que tinha desavenças com ele fora do presídio

O detento Marcelo Marçal Assis da Silveira, de 26 anos, foi morto a facadas, na quarta-feira (31), dentro da Unidade Prisional de Jataí,

na região sudoeste de Goiás. De acordo com a Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP), o crime ocorreu no mesmo dia em que Marcelo foi preso. Um colega de cela da vítima confessou o crime.

O crime ocorreu por volta de 18h de quarta-feira (31). Segundo a DGAP, durante a tarde, agentes de plantão foram avisados de que havia um preso morto dentro da cela 2 da Ala B. Quando chegaram ao local encontraram o corpo e, ao lado dele, o preso que confessou o crime.

O detento contou que matou o colega com uma faca artesanal, e que foi motivado por desavenças que teve com Marcelo fora da cadeia. O Instituto Médico Legal (IML) e a Polícia Técnico-Científica foram acionados e fizeram os procedimentos legais da ocorrência.

Em nota, a DGAP informou que instaurou uma sindicância para esclarecer os fatos. O caso foi registrado na delegacia da Polícia Civil em Jataí, que irá apurar as circunstâncias do crime.

Prisão
Marcelo havia sido preso na madrugada de quarta-feira pela Polícia Militar, suspeito de ter praticado um homicídio. Ele já tinha passagens por roubo, porte de arma de fogo e receptação e foi preso com a mulher, Fabrisia Pereira de Almeida, de 19 anos, suspeita de ser comparsa do marido. Fabrisia tem passagens por tráfico de drogas e associação para o tráfico, e continua presa.

(Por Murillo Velasco, G1 GO)

Olhe link da matéria completa:
https://g1.globo.com/go/goias/noticia/detento-e-morto-dentro-de-cadeia-no-mesmo-dia-em-que-foi-preso-em-jatai.ghtml

 

 

 

Compartilhar: