Servidoras são capacitadas para atuar com grupos de ressocialização

Assessoria de Imprensa

Ana Paula e Jordana participaram de  capacitação que propõe a criação de um grupo reflexivo para trabalhar com os autores de violência doméstica

As servidoras da prefeitura de Santa Rita do Araguaia, a assistente social Ana Paula Rezende e a psicóloga Jordana Magalhães, que compõe a equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (SMASDH) concluíram em Mineiros-GO, a capacitação que propõe a criação de um grupo reflexivo para trabalhar com os autores de violência doméstica.

Conforme Ana Paula, dentro do projeto, os agressores, autores de crimes incursos na Lei Maria da Penha, são obrigados a participar de reuniões como uma das medidas que condicionam suas liberdades (medida protetiva). O objetivo é promover o desenvolvimento de recursos e habilidades não violentas no âmbito das relações interpessoais, especialmente conjugais e familiares e, consequentemente, evitar a reincidência na prática do delito, visando produzir o efeito ressocializador. Os grupos envolvem o trabalho de profissionais como advogados, psicólogos, pedagogos e assistentes sociais. Mais de 35 homens, entre eles dos municípios de Santa Rita, Portelândia e Mineiros participaram dos encontros.

(Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Santa Rita do Araguaia)

 

 

Compartilhar: