Secretaria de Saúde promove palestra sobre Aleitamento Materno

Cassiane Mews

A secretaria de Saúde de Santa Rita do Araguaia promoveu na quarta-feira (30) a palestra sobre o Aleitamento Materno “Proteger a Amamentação: construindo alianças sem conflitos de interesse”, mais de 15 pessoas entre elas mães, gestantes e pais marcaram presença.

Conforme o enfermeiro Ítalo Lacerda, o leite materno é o melhor alimento que um bebê pode receber nos seus primeiros meses de vida, sendo indicado até dois anos ou mais. “Crianças amamentadas também estão mais protegidas contra doenças infecciosas. A amamentação materna é a estratégia isoladamente de maior impacto de saúde púbica capaz de salvar em média 13% de crianças menores de cinco anos de idade em todo o mundo. O leite materno oferece em torno de 70 Kcal/100ml., sendo então composto por gorduras, sódio, potássio, carboidratos, proteínas, cálcio, ferro, magnésio e diversas vitaminas tais como a vitamina A, D, C e B6”, explica o enfermeiro.

A enfermeira Priscila Silva trouxe alguns mitos e verdades, como: O leite de vaca é mais completo em nutrientes que o leite materno? Mito; Se a mãe não amamentar o primeiro filho, não conseguirá amamentar o segundo? Mito; O leite materno pode ser congelado? Verdade. Entre outras situações.

A coordenadora de atenção básica em saúde, enfermeira Geovanna Paula encenou com a ajuda de um dos pais presentes a posição e a pega correta durante a amamentação. O enfermeiro, Cleiton Miguel ensinou a manobra de Heimlich, afogamento, como deve ser efetuada a ação em caso de emergência. Por fim, a  psicóloga, Diandra Martins destacou a importância do vínculo entre pai e filho durante e depois da gestação.

A mãe do pequeno João Vitor de apenas 30 dias, Tainara Bernardes saiu da palestra satisfeita. “Gostei muito de participar, pude tirar minhas dúvidas e aprender mais sobre a amamentação”, conta Tainara.

Para o secretário de saúde, Raimundo Miranda é de suma importância promover palestras de conscientização e sanar as dúvidas da comunidade. Sua esposa Domelice participou ativamente durante a palestra, trazendo toda sua experiência como mãe. Marcaram presença ainda as Assistentes Sociais do CRAS, Lorena Guimarães e Iuza Bento, a Assistente Social da saúde, Elem Laura e a gestora do Programa Bolsa Família, Erika Mendes. (Cassiane Mews – Assessoria de Imprensa)

Compartilhar: