Santa Rita do Araguaia conclui campanha de hanseníase e verminose nas escolas

Assessoria de Imprensa

Segundo a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Carla Petry, a campanha atingiu a meta estipulada pelo Ministério da Saúde

As Escolas Municipais João Paula da Cruz e Romão Martins de Souza receberam na última semana a equipe municipal de Vigilância Epidemiológica e Atenção Básica para a administração do medicamento Albendazol 400 mg, dose única. Aproximadamente 200 crianças receberam a medicação.
Durante o período dos dias 25 a 29 de junho os pais dos alunos matriculados na rede municipal de ensino receberam dois formulários, um dirigido a Hanseníase e um termo de consentimento para a verminose. 
Segundo a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Carla Petry, a campanha atingiu a meta estipulada pelo Ministério da Saúde. “Nossa equipe visitou as escolas anteriormente, orientando as crianças e conscientizando-as sobre as doenças e a importância do tratamento, dessa forma obtivemos sucesso nos formulários assinados pelos pais e consequentemente a administração do medicamento”, explica Carla.  

HANSENÍASE
O objetivo da campanha de Hanseníase do Ministério da Saúde é aumentar o número de diagnóstico precoce identificando os casos positivos e oferecendo tratamento gratuito. “Nós não temos casos de crianças na faixa etária de 5 a 14 anos com a doença em Santa Rita, mas é de extrema importância promover a prevenção”, alerta Carla.

 (Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Santa Rita do Araguaia)

 

 

 

Compartilhar: