Prefeito Agenor Rezende participa do lançamento do programa Goiás na Frente

Reprodução/Vídeo

Prefeito de Mineiros, Agenor Rezende, falou em nome dos prefeitos visitantes

A presença de prefeitos eleitos pelo PMDB, partido que não integra a base de sustentação política do governador Marconi Perillo, reforçou nesta segunda-feira (22), em Jataí, o caráter suprapartidário do Programa Goiás Na Frente.

O prefeito de Mineiros, Agenor Rezende (PMDB), ex-governador do Estado, falou em nome dos prefeitos visitantes. Ele disse que  o programa Goiás na Frente é uma “inovação importante”, pois ocorre depois do governador se reunir com cada um dos prefeitos, mostrando que faz uma “administração moderna”. Segundo Agenor, os prefeitos devem agradecer o governador e o vice pela forma com a qual conduzem “esse programa importante, que vai ficar na história de Goiás, e vai chegar até no menor município do Estado”.

O prefeito peemedebista disse que, em relação a Mineiros, a administração se sente agradecida. “Quero reiterar o agradecimento dos prefeitos do Sudoeste e dizer que o seu governo está de parabéns por essa iniciativa”, observou Agenor.

Para o prefeito Ricardo Goulart (PMDB), de Itarumã, o Goiás na Frente é muito importante e o governador é um “homem sensível, que sabe das dificuldades que os municípios estão passando”.

O prefeito Ibinho (PP), de São Simão, destacou o caráter apartidário do Goiás na Frente, que segundo ele espelha a forma do governador Marconi Perillo governar, “sem qualquer discriminação de natureza político-partidária”.

No Sudoeste todos os municípios foram contemplados: Rio Verde, Jataí, Aparecida do Rio do Doce, Caiapônia, Cachoeira Alta, Castelândia, Caçu, Chapadão do Céu, Dorvelândia, Gouvelândia, Itajá, Itarumã, Lagoa Santa, Maurilândia, Mineiros, Montividiu, Paranaiguara, Perolândia, Portelândia, Quirinópolis, São Simão, Santa Helena de Goiás, Santa Rita do Araguaia, Santo Antônio da Barra, Serranápolis e Turvelândia.
…………………………………………..
LEIA MAIS…
Marconi destina R$ 311 milhões para incrementar a economia do Sudoeste do Estado

Em mais um Encontro Regional do Programa Goiás na Frente, na presença 30 prefeitos, vice-prefeitos e vereadores da região, o governador Marconi Perillo assinou nesta segunda-feira (22) , em Jataí, ordens de serviço que totalizam R$ 311 milhões para incrementar o desenvolvimento do Sudoeste goiano.

Na saudação aos prefeitos, o governador destacou o nível de maturidade política existente hoje em Goiás. Citou a convivência democrática do prefeito de Jataí, Vinícius Luz (PSDB) e o deputado estadual Victor Priori, que disputaram a eleição municipal e, hoje, somam força em nome dos interesses maiores do município.

Marconi aproveitou o encontro para defender a reforma da Previdência, dizendo que os Estados não podem mais conviver com o déficit previdenciário. No caso de Goiás, enfatizou, “a obrigação nossa é trabalhar para os 7 milhões de goianos”.

Ele destacou que os recursos do Goiás na Frente vão servir para quem mora num bairro com ruas estragadas, que serão consertadas, mas, sobretudo, para gerar empregos. Ele pediu aos prefeitos que se organizem, destinando áreas, para que em parceria com o Estado e a Caixa sejam construídas novas moradias. Marconi ressaltou que o governo estadual não está impondo nada e as prioridades foram definidas pelos próprios prefeitos.

Anunciou que já pagou as primeiras parcelas dos municípios e, nesta terça-feira, recebe mais um grupo de seis prefeitos para repassar a primeira parcela do convênio. Para o Sudoeste, Marconi explicou que serão aplicados R$ 311 milhões, em obras e serviços em várias áreas.

O vice-governador José Eliton disse em seu discurso que o Goiás na Frente permite que os cidadãos exerçam a cidadania. “Esse programa é voltado para atender às expectativas dos municípios, depois que o governador atendeu a cada um dos 246 prefeitos”, afirmou José Eliton, ao destacar que o governador promoveu uma série de ajustes, para garantir numa etapa seguinte o maior programa de investimentos do País – o Goiás na Frente.

“No momento em que o País vive um clima de perplexidade política, é preciso equilíbrio e firmeza para sair da crise, além de bons exemplos, como o programa Goiás na Frente, que vira a página da crise”, observou José Eliton, acrescentando que os investimentos atingem o patamar de R$ 9 bilhões, entre recursos públicos e parcerias com a iniciativa privada.

No Sudoeste, o governador anunciou a destinação de R$ 311 milhões, assim distribuídos: R$ 100 milhões para obras estruturantes, R$ 28 milhões para a Educação; R$ 20 milhões para a Saúde, R$ 3 milhões para desenvolvimento regional, ciência, tecnologia e inovação; R$ 9,8 milhões em saneamento, R$ 101 milhões em habitação; R$ 4,5 milhões em Segurança Pública e R$ 45 milhões para pavimentação asfáltica e recapeamento de vias urbanas. (Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás)

 

 

 

Compartilhar: