Meninos choram por mergulhador que morreu em resgate na caverna

Reprodução/Internet

O mergulhador da marinha Saman Gunan morreu durante a missão de resgate do time de futebol; homenagem fez parte de uma sessão de terapia

Os 12 meninos e seu técnico, retirados da caverna Tham Luang, na Tailândia, onde ficaram presos por 18 dias, participaram de uma sessão de terapia no hospital Chiang Rai Prachanukroh, no sábado (14). Eles falaram sobre o mergulhador da marinha Saman Gunan que morreu durante a missão de resgate do time de futebol.

De acordo com a equipe do Hospital Chiang Rai Prachanukroh, o intuito da terapia era fortalecer emocionalmente o grupo antes deles deixarem o hospital. Um desenho do rosto de Saman foi usado para homenageá-lo.

Com o auxílio das equipes de terapia, os meninos aproveitaram para escrever mensagens de agradecimento no cartaz.

(Ingrid Alfata, do R7, com Reuters)

Olhe link da matéria completa:
https://noticias.r7.com/internacional/fotos/meninos-choram-por-mergulhador-que-morreu-em-resgate-na-caverna-15072018#!/foto/1

 

Compartilhar: