Crystal Lagoons registra recorde no Guinness com lagoa em pleno deserto

Foto: Reprodução

A mega lagoa de 12,5 hectares, Citystars Sharm El Sheikh, foi construída em pleno deserto, em um dos balneários mais luxuosos do Egito

A Crystal Lagoons obteve seu segundo recorde mundial pela maior lagoa cristalina do mundo, quebrando seu próprio recorde no Guinness de 2007, quando a icônica lagoa de San Alfonso del Mar (8 hectares) foi certificada como a maior do planeta no The Guinness World Records.

Desta vez, o Guinness registra a mega lagoa de 12,5 hectares no desenvolvimento turístico Citystars Sharm El Sheikh, localizada em pleno deserto, em um dos balneários mais luxuosos do Egito. 

O projeto é resultante da associação da Crystal Lagoons com a família Sharbatly, uma das famílias mais antigas e proeminentes do Oriente Médio e África, e sua realização foi facilitada pela tecnologia Crystal Lagoons, patenteada em 160 países, que deu valor imobiliário ao desenvolvimento, retirando água sem outro uso para incorporá-la a terras áridas não desenvolvíveis.

A lagoa de Citystars Sharm el Sheikh se abastece de águas salinas de poços no deserto, que não têm outro uso, gerando mares tropicais no deserto.

Além disso, a água salina da lagoa tem um alto grau de pureza, pelo que será utilizada para dessalinizar a água por osmose inversa, reduzindo significativamente os custos de dessalinização.

Forte expansão na América Latina
Nessa região, a empresa tem 80 projetos em distintas fases de desenvolvimento, com presença no México, Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai, Colômbia, Equador, Bolívia e Chile.

No México, se destacam as iniciativas "Hard Rock Riviera Cancún", junto com a prestigiosa cadeia hoteleira Hard Rock Hotel, e "Diamante Cabo San Lucas", o primeiro resort mexicano altamente luxuoso, com a lagoa cristalina de 5 hectares e campo de golfe projetado por Tiger Woods.

No Brasil, a Crystal Lagoons tem 15 projetos em diferentes etapas de desenvolvimento e presença nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, e também em Brasília. Na Argentina, tem 7 projetos nas cidades de Buenos Aires, Mendoza, Rosario e Mar del Plata.

Compartilhar: