Presidente de TV mineira morre por febre amarela em Belo Horizonte

Reprodução/Facebbok

Além de presidente, ele era músico e compositor

Flávio Henrique Alves Oliveira, músico e presidente Empresa Mineira de Comunicação, órgão do governo responsável pela Rádio Inconfidência e pela Rede Minas, morreu por febre amarela, nesta quinta-feira (18). A informação foi confirmada através de nota divulgada pelo Hospital Mater Dei.
O cantor estava internado em estado grave no CTI da unidade de saúde, no Barro Preto, na região Centro-Sul de Belo Horizonte.
O último balanço da Secretaria de Estado de Saúde, divulgado nesta quarta-feira (17), informa 22 casos confirmados de febre amarela silvestre em Minas Gerais desde dezembro de 2017, sendo 15 mortes.
O compositor, que fez parte do Clube da Esquina, deu entrada no hospital na última quinta-feira (11) com febre e dor de cabeça, e foi transferido para o CTI no fim de semana. A confirmação de que tratava-se de febre amarela veio nesta quarta (17) através do boletim médico do hospital.
Durante toda a semana, amigos e familiares de Flávio já haviam divulgado em redes sociais a chance dele ter contraído a doença e pediam doação de sangue e orações. De acordo com publicação do grupo Cobra Coral, ao qual o cantor faz parte, o fígado do cantor estava comprometido. 
Ainda segundo amigos do compositor, ele poderia ter contraído febre amarela em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, onde tem uma casa no Condomínio Ville Casa Branca e passava alguns dias antes da internação.
Flávio, como compositor, produtor e instrumentista tem mais de 120 músicas gravadas e já participou de parcerias com Milton Nascimento, Chico Amaral, Fernando Brant, Zeca Baleiro, Ronaldo Bastos, Vander Lee e Toninho Horta. Ele estava no comando da Rádio Inconfidência desde 2015.

(Matheus Renato Oliveira, do R7*) – *Sob supervisão de Ana Gomes

Olhe link da matéria completa:
https://noticias.r7.com/minas-gerais/presidente-de-tv-mineira-morre-por-febre-amarela-em-belo-horizonte-18012018

 

 

 

Compartilhar: