Tecnologia garante mais agilidade para usuário do Ipasgo

FOTOS: REPRODUÇÃO/Wildes Barbosa

'

Gradativamente o Ipasgo está oferecendo ferramentas tecnológicas aos seus usuários e prestadores gerando mais agilidade aos serviços, garantindo mais comodidade a quem o utiliza e  mais economia ao órgão. Exemplos são a autorização de guia de forma eletrônica, o uso do cartão magnético, o aplicativoIpasgo Fácil, o acompanhamento das solicitações pelo site, entre outras novidades que têm evitado o deslocamento dos usuários e tornado tudo mais rápido e fácil. Em breve, o Instituto já adianta que será permitida a atualização cadastral tanto do prestador quanto do usuário pelo próprio site.

Aplicativo que facilita
Em outubro do ano passado, o Ipasgo lançou o Ipasgo Fácil, um aplicativo que pode ser baixado pelo celular ou tablet e acessado de qualquer lugar com disponibilidade de internet. De forma mais rápida e eficiente, o usuário pode pesquisar o nome do profissional e ter acesso à agenda dele, marcando o horário da consulta, sem ter que se deslocar até o local ou mesmo ligar no consultório.

“A facilidade é ter um aplicativo que a qualquer momento pode fazer a consulta da rede credenciada, consultar um médico, ter acesso às notícias e ainda consegue fazer o agendamento de consultas pelo aplicativo”, diz o supervisor de sistemas do Ipasgo, Gabriel de Sousa Lopes. O médico disponibiliza a agenda dele para o Ipasgo Fácil.

Segundo o último levantamento realizado em abril deste ano, o aplicativo já teve mais de 17 mil acessos. “Hoje temos cerca de cinco mil aplicativos instalados em celulares e dois mil médicos com agenda disponibilizada. Na região metropolitana, 90% disponibilizaram agenda”, informa Gabriel.

Para acessar o sistema, basta o servidor colocar o número da matrícula e a senha, podendo fazer o agendamento tanto para ele mesmo como para o grupo familiar. Depois, escolhe o profissional e com um único clique acessa a agenda. Em seguida, os horários disponíveis vão aparecer e quando o usuário clicar em cima do horário escolhido, a consulta estará agendada. O usuário também terá a opção de desmarcar a consulta e ainda verificar a lista de consultas agendadas.

Médicos cadastrados, pedido de exames
O Ipasgo conta com, aproximadamente, 3500 prestadores de pessoa física credenciados no Instituto. O credenciamento acontece quando o edital é aberto (Leia mais abaixo). Mas o Instituto também criou a possibilidade, desde 2014, de os médicos se cadastrarem. Ou seja, eles não são credenciados, mas têm acesso ao site do Ipasgo para emitir solicitação de exames.

Por exemplo, um usuário do Ipasgo quer ser atendido por um determinado profissional que não é credenciado no Instituto. O usuário então paga pela consulta particular, mas quando vai fazer os exames, pode fazer pelo Ipasgo, o que é mais economia para o bolso. Para isso, basta o médico se cadastrar ao sistema. Pelo próprio site, o prestador, de forma rápida, se cadastra uma única vez. O passo a passo é bem simples. Já são 2712 cadastrados, que pedem exames pelo Ipasgo.

O assessor técnico da Diretoria de Assistência do Ipasgo, Lívio Roberto Barreto, esclarece que toda solicitação de exames do Ipasgo é feita de forma online já ao sair da consulta. “Essas solicitações vão para a auditoria que também é online”. Ele ressalta que por ser online, evita-se colocar o código errado. “Para o médico é mais fácil e ocorre menos erro do que quando escreve. Colocando o código no sistema não tem erro. E mais fácil para o paciente por não ter que ir ao Vapt Vupt emitir guia. Pode procurar qualquer clínica credenciada do Ipasgo, que quando passar a carteirinha já vai ter os pedidos”.

Outra vantagem, segundo Gabriel, é que com esse sistema online evita-se a duplicidade de exames. Ele conta que muitas vezes o médico escrevia a mão e quando chegava ao laboratório fazia o exame errado por não compreender a letra. Ao voltar ao consultório, o médico via o erro e era necessário fazer um novo exame.

Credenciamento de médicos
Lívio Roberto informa que o Ipasgo fez um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público para alterar a forma de credenciamento dos prestadores. Será feito em forma de contrato, por meio de licitação, na modalidade Concorrência do tipo Melhor Técnica. “Estamos trabalhando o edital, mas a previsão é de dois meses”.

“Esse credenciamento vai ser bom porque vai ter uma exigência mínima no caso de laboratórios e clínicas da qualidade no que diz respeito à atualização dos equipamentos, por exemplo. Muita clínica não troca os equipamentos há anos e o Ipasgo vai exigir qualidade melhor nos equipamentos”, diz Lívio.

Mais informações: (62) 3238-2448

Compartilhar: