Produzir aprova R$ 18,1 milhões em projetos industriais

Foto ilustrativa

Novos projetos pelo Produzir vão gerar novas plantas e expansão de unidades já implantadas, em diversos setores da economia goiana

O Conselho Deliberativo do Produzir, sob o comando do superintendente Executivo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação (SED), Luiz Maronezi, aprovou novos projetos de investimentos industriais para o Estado de Goiás. O total é de R$ 18.122.149,03 e será responsável pela geração de novas plantas ou expansão de unidades já implantadas, em diversos setores da economia goiana.Os novos projetos destinarão investimentos para Aparecida de Goiânia, Hidrolândia, Goiânia, Brazabrantes, Americano do Brasil, Caçu, Abadiânia, Cidade Ocidental, Morrinhos e Firminópolis. Junto com as implantações ou ampliações de empresas, 605 novos empregos diretos serão criados, incrementando as receitas e promovendo a qualificação de mão de obra nos municípios contemplados.O Produzir é o programa do Governo do Estado de Goiás que incentiva a implantação, expansão ou revitalização de indústrias, estimulando a realização de investimentos, a renovação tecnológica e o aumento da competitividade estadual com ênfase na geração de emprego, renda e redução das desigualdades sociais e regionais.

Sua atuação se dá mediante o financiamento de parcela mensal de ICMS devido pelas empresas beneficiárias, tornando o custo da produção mais barato e seus produtos mais competitivos no mercado. Os prazos para usufruir do benefício variam de acordo com a análise dos coeficientes de prioridade de cada projeto, calculados segundo critérios sociais e econômicos, especificados em regulamento.

Compartilhar: