Polícia Militar reforça ações ostensivas em 2017

Foto: Jota Eurípedes

Abordagens fazem parte do policiamento preventivo

A Polícia Militar amplia as ações ostensivas para o combate à criminalidade em 2017. Um dos principais objetivos do planejamento estratégico da instituição neste ano é ampliar a capacidade de atendimento, além de aperfeiçoar os resultados.

Para isso, a PM vai executar, entre outras atividades, ações de inteligência estratégica estruturada, gestão sistematizada, comunicação eficiente, eficaz e efetiva e policiamento comunitário.

Também fazem parte do planejamento da corporação a otimização de atividades de prevenção, aprimoramento da gestão de recursos orçamentários e financeiros, valorização e qualificação profissional, aprimoramento de logística e fortalecimento do sistema de comunicação organizacional.

Em 2016, a Polícia Militar intensificou o combate à criminalidade. O trabalho ostensivo apresentou resultados positivos. Somente no ano passado, a corporação apreendeu 32 toneladas de drogas e 3,5 mil armas de fogo. A PM também recapturou quatro mil foragidos, recuperou centenas de veículos roubados e evitou que novos crimes fossem cometidos.

Operações policiais
Para o comandante da Polícia Militar, coronel Divino Alves, 2016 foi muito produtivo para a corporação. “Contribuímos para a redução de diversos indicadores criminais”, avalia. Ele lembra que, ao longo do ano, as operações foram realizadas em todo o Estado. Ressalta que a integração da PM com outras forças policiais foi altamente positiva.

De acordo com o vice-governador e secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), José Eliton, os números comprovam que o trabalho da PM está no caminho certo. Segundo ele, a orientação é que a corporação continue atuando de forma incisiva para coibir o crime organizado em todo o Estado. “Trata-se de uma batalha árdua e constante. Vamos continuar não dando a menor trégua para aqueles que estão à margem da lei”, afirma.

Eliton também elogiou o trabalho da corporação. Afirmou que, seja em ações preventivas, ou em ostensivas de repressão e fiscalização, a PM é a imagem forte de um Estado que é guardião da legalidade, da normalidade institucional e democrática. “A Polícia Militar é uma das mais qualificadas instituições desse País e um dos orgulhos do povo goiano”, declara.

Bloqueios
A PM empreendeu ações integradas com diversos comandos especiais. Vários pontos de bloqueio foram montados em Goiânia e no interior do Estado. “É assim que seguiremos, com atuação firme combativa às ações delituosas. Em Goiás, quem insistir em desrespeitar as leis será preso e entregue à Justiça. Esse é o nosso compromisso com a sociedade”, conclui José Eliton.

VEJA LINK DA MATÉRIA: http://www.goiasagora.go.gov.br/policia-militar-vai-reforcar-acoes-ostensivas-em-2017/

Compartilhar: