Polícia de Goiás prende suspeitos de roubos a bancos e a carro-forte em Minas Gerais

Reprodução

A polícia conseguiu chegar em uma chácara na cidade de Formosa, onde foram apreendidos R$ 426 mil, além de armas, munições, explosivos e veículos

A Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP) apresentou nesta sexta-feira, dia 26, mais detalhes sobre a prisão de três homens suspeitos de envolvimento na explosão de um carro-forte em Unaí, em Minas Gerais, na última segunda-feira (22). Eles foram detidos em Alexânia.

A polícia também conseguiu chegar em uma chácara na cidade de Formosa, onde foram apreendidos R$ 426 mil, além de armas, munições, explosivos e veículos. Foram presos Ricardo Silva Torres, de 25 anos, Leandro Henrique da Silva, 36, Boaventura Medrado de Souza, 46.

Ação foi possível graças ao compartilhamento de informações entre SSPAP, Serviço de Inteligência da PM, Polícia Federal, Secretaria de Segurança da Bahia e Polícia Militar da Bahia. “É uma operação que demonstra a força de nossas instituições de segurança. Trata-se de uma dura resposta ao crime organizado”, afirmou o superintendente executivo da SSPAP, coronel Edson Costa.

O comandante-geral da PM, coronel Divino Alves, ressaltou que a quadrilha é uma das mais perigosas do Brasil. “Sem dúvidas, essa ação foi um golpe forte contra aos criminosos, que agiam de forma bastante violenta”, disse. (Comunicação SSPAP)

 

 

Compartilhar: