Emater apresenta resultados de pesquisa agropecuária

Foto: Emater / Victor Alves

Projetos desenvolvidos com apoio da Fapeg buscam soluções para o produtor rural.

O desenvolvimento de cultivares de soja para o Estado de Goiás e uso da BRSGO 8061 na alimentação humana foi o projeto de pesquisa da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) que mais se destacou nos últimos seis meses na empresa.

Pesquisadores da Emater apresentaram os resultados obtidos nos últimos seis meses. Os projetos fazem parte de convênio firmado entre a Emater e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg). Ao todo, foram apresentados resultados e expectativas de 11 projetos de pesquisa, nas áreas de grãos e raízes, hortaliças e fruticultura.

Soja na alimentação humana
O avanço do projeto da soja na alimentação humana pode ser atribuído a teste feito com receitas usando a cultivar. As receitas foram testadas por cerca de 200 alunos da Escola Municipal Antônio Fernandes, em Goianésia.

De acordo com o presidente da Emater, Pedro Arraes, as reuniões de resultados são importantes porque é fundamental prestar contas ao estado e sociedade para a organização do relatório de gestão.

A diretora de Pesquisa Agropecuária da entidade, Maria José Del Peloso, explicou que o objetivo de todas pesquisas aplicadas é a geração de tecnologias para resolver problemas do produtor.

Convênio
Em relação ao acordo firmado com a Fapeg, Maria José Del Peloso, afirmou que “a Emater disponibiliza o recurso para custeio e investimento para condução dos trabalhos de pesquisa, enquanto a Fapeg disponibiliza bolsas de mestrado e doutorado dos pesquisadores”.

VEJA LINK DA MATÉRIA: http://www.goiasagora.go.gov.br/emater-apresenta-resultados-da-pesquisa-agropecuaria/

Compartilhar: