Alemanha de olho na sustentabilidade de Alto Paraíso

FOTO: REPRODUÇÃO

O Governo de Goiás quer transformar Alto Paraíso de Goiás em referência mundial no modelo de economia sustentável e inovação

Cônsul Honorário da Alemanha no Brasil, Georg Johannes Kampik, está de olho no potencial inovador e sustentável de Goiás. Na sexta, dia 17, ele cumpriu agenda no Estado com foco na implantação dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). As atividades começaram em Alto Paraíso, onde os objetivos serão implantados. Na programação, reuniões com prefeitos de Alto Paraíso e Cavalcante, a partir das quais Kampik realizará uma série de visitas e encontros para avaliar o potencial turístico e econômico da região.

O cônsul também acompanhou apresentações sobre a importância da biodiversidade na Chapada dos Veadeiros e sobre o Projeto Território do Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz. A maratona do representante alemão em território goiano encerra na segunda-feira, dia 20, em Goiânia, com encontros na Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Cidades, Infraestrutura e Assuntos Metropolitanos (Secima) e na Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED)

Na agenda em Goiás, Georg Johannes Kampik estará acompanhado pela superintendente do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Jacqueline Vieira, coordenadora do projeto de implantação dos 17 ODS em Alto Paraíso.

Referência Mundial
O Governo de Goiás quer transformar Alto Paraíso de Goiás em referência mundial no modelo de economia sustentável e inovação. O Programa 17 ODS reúne uma série de ações e que tem como base os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), também conhecidos como as Metas do Milênio. Eles estipulam objetivos como acabar com a pobreza, com a fome, assegurar uma vida sustentável, alcançar igualdade de gênero e ainda assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos, acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos, promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos, construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação.

Compartilhar: