Tite convoca seleção para Eliminatórias e chama Diego, Ederson e Diego Souza

FOTO: REPRODUÇÃO

Nas últimas semanas, Tite e membros da sua comissão técnica foram ao continente europeu, onde acompanharam mais de perto os jogadores brasileiros em ação

O técnico Tite convocou na sexta-feira (3) 23 jogadores para os compromissos da seleção brasileira no fim de março contra Uruguai, em Montevidéu, e Paraguai, em São Paulo, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, e manteve a base das listas anteriores, mas apostou em novidades, casos do goleiro Ederson, do Benfica, do meia Diego, do Flamengo e do atacante Diego Souza, do Sport. 

A principal ausência da relação, claro, foi o atacante Gabriel Jesus, do Manchester City, que sofreu uma fratura no pé direito no início da sua experiência no clube inglês. E isso acabou abrindo espaço para que a lista de convocados apresentasse uma surpresa no ataque, com Diego Souza sendo chamado. 

Além do atacante do Sport, Tite também se lembrou de outros jogadores que atuam no País e em janeiro participaram do amistoso contra a Colômbia, no Engenhão, vencido por 1 a 0. Foi o caso, especialmente, do meia Diego, destaque do Flamengo desde que retornou ao time no ano passado. Ele ficou com a vaga que na convocação anterior para as Eliminatórias foi do santista Lucas Lima. 

Nas últimas semanas, Tite e membros da sua comissão técnica foram ao continente europeu, onde acompanharam mais de perto os jogadores brasileiros em ação. Foi na Europa, também, que o preparador de goleiros Taffarel acompanhou o desempenho de jogadores da sua antiga posição, como Ederson, do Benfica, que agora foi convocado pelo treinador, em detrimento do flamenguista Alex Muralha. 

Além disso, no Velho Continente, a comissão observou treinos de jogadores que atuam no futebol chinês. Assim, mesmo que a liga do país asiático tenha começado nesta semana, Tite voltou a depositar a sua confiança no zagueiro Gil e no meia Renato Augusto. 

Junto com a divulgação da lista de convocados da seleção e a entrevista coletiva, a CBF e a companhia aérea Gol aproveitaram o evento em São Paulo para apresentarem o novo avião da equipe. Inspirada no apelido canarinho, a aeronave tem detalhes em verde e amarelo, é personalizada com Wi-Fi, sistema de entretenimento a bordo, iluminação de LED, tomadas abaixo dos assentos e capacidade para 177 passageiros. O modelo é um Boeing 737-800 e terá a viagem inaugural no dia 20 de março, com destino a Montevidéu, local do jogo com o Uruguai.

O lançamento da aeronave marcou a renovação de contrato de patrocínio por mais quatro anos entre a Gol e a CBF. O novo acordo vai até 2020. A parceria iniciou em 2013 e incluiu a escolha da empresa como transportadora oficial da equipe.

Tite tem, até agora, campanha perfeita à frente da seleção, com sete vitórias, sendo seis delas pelas Eliminatórias da Copa, o que deixou o Brasil na liderança do torneio classificatório da Conmebol e muito perto da classificação para o Mundial na Rússia. 

O jogo com o Uruguai, o duelo entre os dois primeiros colocados das Eliminatórias, será disputado em 23 de março, no Estádio Centenário, em Montevidéu. Depois, no dia 28, a seleção receberá o Paraguai, em São Paulo, no Itaquerão. 

Confira a lista de convocados do Brasil para os dois jogos:

Goleiros: Alisson (Roma), Weverton (Atlético-PR) e Ederson (Benfica).

Laterais: Daniel Alves (Juventus), Fagner (Corinthians), Filipe Luís (Atlético de Madrid) e Marcelo (Real Madrid).

Zagueiros: Gil (Shandong Luneng), Marquinhos (Paris Saint-Germain), Miranda (Inter de Milão) e Thiago Silva (Paris Saint-Germain).

Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Diego (Flamengo), Fernandinho (Manchester City), Giuliano (Zenit), Paulinho (Guangzhou Evergrande), Philippe Coutinho (Liverpool), Renato Augusto (Beijing Guoan) e Willian (Chelsea).

Atacantes: Diego Souza (Sport), Douglas Costa (Bayern de Munique), Roberto Firmino (Liverpool) e Neymar (Barcelona).


LEIA MAIS…
Tite afirma que amistoso com a Colômbia colocou Diego e Diego Souza na seleção

O técnico Tite convocou na sexta-feira (3) os 23 jogadores para as partidas da seleção brasileira contra Uruguai, em Montevidéu, e Paraguai, em São Paulo, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, e explicou que duas novidades da lista apareceram por terem atuado bem no amistoso com a Colômbia, em janeiro. O meia Diego, do Flamengo, e o atacante Diego Souza, do Sport, foram elogiados pelo treinador.

Diego superou a concorrência de Lucas Lima, do Santos. Já Diego Souza, herda a vaga de Gabriel Jesus. O atacante do Manchester City fraturou o pé direito recentemente. "O jogo amistoso foi um componente importante na convocação. Mas não só isso. Tem o peso do acompanhamento de todas as informações, de todos os momentos que os atletas vivem. Foram 56 jogadores observados", explicou o treinador, em entrevista coletiva em São Paulo.

Tite afirmou que a boa participação da dupla na partida com a Colômbia, no Rio, lhe convenceu a convocá-los novamente. "O Diego jogou muito com a Colômbia e os jogos dele com o Flamengo também o credenciaram. Ele treinou nas férias, está jogando em alto nível", afirmou. O meia recebeu oportunidade na convocação para o jogo de janeiro, assim como foi o caso do atacante, porque a lista teve apenas atletas que atuam no futebol brasileiro.

O técnico da seleção usou Diego como exemplo de preparação, pelo jogador ter treinado durante as férias e assim como Diego Souza, ter se destacado no Campeonato Brasileiro. "Ele foi o jogador apontando pela imprensa como o mais efetivo do Brasileiro do ano passado. Foram 14 gols e seis assistências pelo Sport. Também jogou bem contra a Colômbia. O futebol é de preparação e de quem aproveita as oportunidades", disse.

A terceira novidade na lista foi de um nome ausente no amistoso com a Colômbia, mas observado pela seleção brasileira nas viagens à Europa no último mês. O goleiro Éderson, de 23 anos, é o titular do Benfica, de Portugal, e foi uma indicação do preparador de goleiros Taffarel. "Há uma gama de atletas que nós acompanhamos. Buscamos detalhes de todos. O Éderson foi um deles como outros goleiros foram. Ele vive um momento físico e técnico", explicou. Nas listas anteriores, essa vaga no gol foi para Alex Muralha, do Flamengo.

A apresentação dos jogadores será entre os dias 19 e 20 de março em São Paulo. O primeiro jogo da equipe será no dia 23, em Montevidéu, e depois, o compromisso será no Itaquerão, contra o Paraguai. 

A seleção brasileira vai usar a estrutura do CT do Corinthians para treinos, além de realizar uma atividade no CT do São Paulo. O clube do Morumbi, aliás, terá o seu presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, como chefe da delegação.

Compartilhar: