“Precisa parar com as palhaçadas”… Ídolo alemão Matthäus volta a criticar Neymar por cai-cai

Reprodução/Internet

“Ele não deveria sentir necessidade de provocar os outros, tentando cavar pênaltis ou rolar cinco ou seis vezes no gramado após ter sofrido uma falta”

Ídolo da seleção alemã, Lothar Matthäus está com a língua afiada nesta Copa do Mundo. Em sua coluna no jornal “O Estado de S. Paulo”, neste sábado, ele voltou a criticar Neymar por conta do “cai-cai”.

“Fiquei impressionado com Inglaterra, Croácia e Bélgica, e de certo modo, Brasil, que tem atletas de qualidade. Isso se aplica especialmente a Neymar. É por isso que ele não deveria sentir necessidade de provocar os outros, tentando cavar pênaltis ou rolar cinco ou seis vezes no gramado após ter sofrido uma falta. Ele precisa parar com as palhaçadas, que podem prejudicá-lo pondo os fãs contra ele e deixando os juízes menos inclinados no futuro a apitar rapidamente quando ele parecer sofrer falta”, diz Matthäus.

Sobraram críticas também para a seleção da Alemanha, eliminada na primeira fase da Copa do Mundo.

“Não havia um único jogador alemão em plena forma. A maioria estava com problemas – exaustão, idade, lesão, falta de confiança. Isso se aplica aos que supostamente deveriam liderar a equipe, como Boateng, Müller, Khedira e Özil. Neuer foi o único que fez jus às expectativas. Nada esteve em ordem na Alemanha – nem no ataque nem na defesa. Não houve espírito de equipe, apenas vulnerabilidade e desentendimento”, detonou Matthäus.

(Jornal Extra)

Olhe link da matéria completa:
https://extra.globo.com/esporte/copa-2018/idolo-alemao-matthaus-volta-criticar-neymar-por-cai-cai-precisa-parar-com-as-palhacadas-22840147.html

 

Compartilhar: