Marlone celebra ida à final do Prêmio Puskas e homenageia Chapecoense

FOTOS: REPRODUÇÃO

Marlone: “Hoje recebi a notícia de que sou finalista do Prêmio Puskas. Venho mais uma vez pedir o voto de todos e também enviar meus profundos sentimentos e orações aos familiares, amigos e companheiros da Chapecoense”

O meia Marlone viveu nesta sexta-feira, 02, emoções distintas. Ainda de luto pela tragédia da Chapecoense, o jogador do Corinthians foi informado de que é um dos finalistas do Prêmio Puskas da Fifa, de gol mais bonito do ano de 2016. E em vídeo divulgado pelo clube paulista, ele deixou evidente estes sentimentos.

"Em meio a uma semana muito triste para nós, hoje recebi a notícia de que sou finalista do Prêmio Puskas. Venho mais uma vez pedir o voto de todos e também enviar meus profundos sentimentos e orações aos familiares, amigos e companheiros da Chapecoense, que perderam suas vidas nesta tragédia. Força Chape!", declarou.

Marlone concorre com o gol marcado na goleada sobre o Cobresal por 6 a 0, pela Copa Libertadores, no dia 21 de abril deste ano. Após cruzamento de Edílson da direita, o meia domina no peito e acerta um sem-pulo da entrada da área. Ele é o único brasileiro ainda na disputa, ao lado do malaio Mohd Faiz Subri e da venezuelana Daniuska Rodríguez.

A classificação à decisão do Prêmio Puskas, no entanto, ficou em segundo plano pela tragédia da Chapecoense. Na madrugada da última segunda para terça, o avião que levaria a delegação do clube para a primeira decisão da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, caiu nas cercanias de Medellín e deixou 71 mortos.

Compartilhar: