Daniel Alves alcança Pelé em número de títulos

Foto: Reprodução

Embora Daniel Alves nunca tenha conquistado uma Copa do Mundo pela seleção brasileira, feito que Pelé alcançou por três vezes com as taças de 1958, 1962 e 1970, o lateral-direito já pode se orgulhar de levantar o mesmo número de troféus

Ao ajudar o Barcelona a conquistar o seu terceiro troféu do Mundial de Clubes da Fifa, garantido neste domingo com a vitória por 3 a 0 sobre o River Plate, em Yokohama, no Japão, Daniel Alves fez história também por se igualar a Pelé como o jogador brasileiro com maior número de títulos. Agora são 30 ao total em competições oficiais, alcançando a incrível marca do Rei do Futebol.

Embora Daniel Alves nunca tenha conquistado uma Copa do Mundo pela seleção brasileira, feito que Pelé alcançou por três vezes com as taças de 1958, 1962 e 1970, o lateral-direito já pode se orgulhar de levantar o mesmo número de troféus erguidos pelo maior jogador de todos os tempos. 

Além das três taças levantadas com as conquistas do Mundial de Clubes, o lateral que também contabiliza conquistas por Sevilla, Bahia e seleção brasileira foi três vezes vencedor da Liga dos Campeões, levou quatro títulos da Supercopa da Europa, cinco do Campeonato Espanhol, quatro da Copa do Rei, cinco da Supercopa da Espanha, um da Copa do Nordeste, um da Copa América e dois da Copa das Confederações.

Pelé, por sua vez, consagrou a sua carreira espetacular com 30 títulos em torneios oficiais com as camisas de Santos, Cosmos (EUA) e seleção brasileira. Além dos três da Copa do Mundo, foi duas vezes campeão do Mundial de Clubes, duas da Copa Libertadores, um da Supercopa Sul-Americana, um da Recopa Intercontinental, seis do Campeonato Brasileiro, quatro do Rio-São Paulo, dez do Campeonato Paulista e um do Campeonato Norte-Americano de Futebol.

Daniel Alves, entretanto, garantiu neste domingo não estar totalmente conformado com o que já fez em sua vitoriosa carreira. "O desejo de competir e seguir conseguindo títulos não se perde nunca. Saímos de campo com a sensação de dever cumprido", afirmou.

Neymar, por sua vez, conquistou neste domingo o seu primeiro título de um Mundial de Clubes da Fifa, depois de ter caído por 4 a 0 diante do mesmo Barça, então defendendo o Santos, na final da edição de 2011 da competição.

"Esse título significa muito para mim. Estou muito feliz por fazer história depois de disputar o Mundial de Clubes, e ganhá-lo é incrível", ressaltou o craque, que depois enfatizou: "Esse é um dos melhores momentos da minha vida".

Compartilhar: