Brasileiro concorrerá com Messi e Florenzi por gol mais bonito do ano

Foto: Reprodução

Golaço de Wendell Lira foi marcado quando ele atuava pelo Goianésia, no Campeonato Goiano, contra o Atlético

De desconhecido há cerca de um mês, Wendell Lira terá como concorrente nada menos que Lionel Messi na disputa por uma premiação da Fifa. O gol marcado pelo jogador de 26 anos pelo Goianésia, no Campeonato Goiano, foi escolhido como um dos três finalistas do Prêmio Puskas, ao lado justamente do tento marcado pelo astro do Barcelona e de outro golaço feito na Europa, o de Florenzi, da Roma.

O gol que garantiu Wendell Lira na briga foi marcado diante do Atlético-GO, em março. Na ocasião, o jogador recebeu bola alta na área, ajeitou o corpo e fez malabarismo para acertar um lindo voleio. Desde que havia sido nomeado como um dos 10 finalistas da premiação, o atleta ganhou fama e, inclusive, assinou contrato para atuar pelo Vila Nova no ano que vem.

Por voto popular no site da Fifa, Wendell Lira levou a melhor sobre nomes bem mais conhecidos, como Mexes, do Milan, e Carlitos Tevez, na época na Juventus, para chegar à final. O brasileiro também deixou para trás outros lindos gols, como o de Esteban Ramírez pelo Herediano, da Costa Rica, e Gonzalo Castro, da Real Sociedad.

Na grande final, ele terá como adversário Lionel Messi e seu golaço diante do Athletic Bilbao. Na decisão da última Copa do Rei, o argentino arrancou quase do meio de campo pelo lado direito, passou por cinco marcadores e bateu firme no canto esquerdo do goleiro.

O outro concorrente será Alessandro Florenzi e seu golaço marcado pela Roma, justamente diante do Barcelona, em setembro, pela Liga dos Campeões. Na ocasião, o lateral roubou a bola na defesa, arrancou e, poucos passos após o meio de campo, arriscou. Ainda houve um toque na trave antes que o gol acontecesse.

O Prêmio Puskas é dado ao gol mais bonito do ano desde 2009. Nomes como Cristiano Ronaldo, Zlatan Ibrahimovic e James Rodríguez já o conquistaram. A única vez que um recebeu a honraria foi em 2011, quando Neymar levou a melhor por seu golaço pelo Santos contra o Flamengo.

Veja o golaço de Wendell Lira, que figura entre os três mais bonitos do Prêmio Puskas

Compartilhar: