Bom rendimento de atletas de Alto Araguaia coloca MT em 11° na Copa das Confederações em Uberlândia

Assessoria de Imprensa

A Copa das Confederações foi disputada de 20 a 23 de julho e envolveu cerca de 1.200 atletas de todos os Estados do País

É a maior competição do País e envolveu representantes de todos os Estados

 Marcos Cardial – Assecom/AIA

 Os atletas do Projeto Todos no Tênis, desenvolvido no município de Alto Araguaia (415 km de Cuiabá), representaram, e muito bem, o Estado de Mato Grosso e foram destaques na Copa das Confederações em Uberlândia (MG). A delegação, formada por atletas locais, de Sorriso e Cuiabá supervisionados pelo professor Carlos Henrique de Rezende, o Rochinha, conquistou o vice-campeonato da categoria 12 anos, o terceiro lugar na categoria 18 anos e o quarto lugar na categoria 14 anos. A competição é organizada pela Confederação Brasileira de Tênis (CBT) e uma das principais da categoria de base do tênis no País em 2018.

O bom rendimento colocou o Estado de Mato Grosso em 11° na classificação geral com 18 pontos. O primeiro lugar ficou com São Paulo com 104 pontos, dois a mais que o Estado do Rio Grande do Sul em segundo lugar. A Copa das Confederações foi disputada de 20 a 23 de julho e envolveu cerca de 1.200 atletas de todos os Estados do País. A delegação de Alto Araguaia foi composta por membros, entre atletas e a comissão técnica.

“Três anos consecutivos com o vice-campeonato. O tênis mais uma vez se destacando em nível nacional. Estamos no caminho certo. A Copa das Confederações é importante em vários aspectos. É uma oportunidade de fazer intercâmbio com outros atletas, um momento importante de aprendizado e principalmente mostrar que o Projeto Todos no Tênis vem dando resultado, ou seja, além de formar bons atletas está formando cidadãos. Representamos Mato Grosso e Alto Araguaia da melhor forma possível”, disse por telefone o professor Rochinha momento antes de a equipe seguir viagem de volta para Alto Araguaia.

O professor Rochinha ainda agradeceu a parceria entre prefeitura, Ministério Público Estadual (MPE) e Poder Judiciário para o desenvolvimento do Projeto Todos no Tênis, bem como o apoio do comércio de Alto Araguaia.

 

 

Compartilhar: