‘Transformamos Mineiros em canteiro de obras’

Foto: Odonel Pereira

Agenor Rezende: “Tudo é resultado da correta gestão, do rigor no trato para com os recursos públicos”, diz. Sobre o futuro político, mostra um indicativo: “Estamos entusiasmados para dar um novo passo adiante”

O prefeito Agenor Rezende (PMDB) traz a política nosangue. São mais de 30 anos de atividade pública. Advogado, desde 1982, quando assumiu o primeiro mandato como vereador, não parou de atuar e acumulou um repertório de grandes experiências na vida pública. Foi secretário de Administração (1983) e presidente da Câmara Municipal de Mineiros. O voo regional não demorou a acontecer. Em 1987 assume o mandato de deputado estadual. Reeleito no pleito seguinte, chegou à presidência da Assembleia Legislativa de Goiás (1993- 1994). Na sequência, atingiu o posto máximo ao ascender ao Governo do Estado com a renúncia do então governador Iris Rezende para candidatar-se a uma vaga no Senado da República (02 de abril a 31 de dezembro de 1994). A partir de 1998, assumiu o posto de Conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás, onde permaneceu por seis anos, tendo presidido aquele Tribunal.

Nas eleições de 2012, Agenor Rezende aceitou o desafio de disputar a Prefeitura de Mineiros com a missão de retomar um ciclo positivo de desenvolvimento. No seu recente balanço contabilizou mais de 100 obras e benfeitorias em execução na cidade, que de acordo  com o slogan oficial está em “constante transformação”. O prefeito destaca que são quase três anos de conquistas ininterruptas. Uma das ações recentes foi a 1ª Edição do Programa Prefeitura no Bairro, que realizou ações e serviços no setor Taninho.

“Transformamos a cidade em canteiro de obras”, diz o prefeito Agenor Rezende nesta entrevista exclusiva. Ele cita as inúmeras obras de infraestrutura que transformam a paisagem na cidade. Mas observa que os investimentos são agora possíveis porque “continuamos a fazer o dever de casa, atuando com o máximo de rigor para fazer frente às nossas necessidades”. Neste contexto, ele cita as parcerias com o setor produtivo e a colaboração da sociedade.

Agenor Rezende descreve as diversas realizações na educação e na saúde, mas faz questão de destacar a conquista do curso de medicina para a cidade. “Trata-se de um marco na história de Mineiros e da Unifimes em seus 30 anos de existência”, avalia. As realizações, segundo ele, “são resultado da correta gestão, do rigor no trato para com os recursos públicos”. Cotado para a disputa da reeleição, o prefeito diz apenas que “estamos muito focados na gestão, na viabilização de obras e tudo tem o seu tempo”. Segundo ele, “o ano de 2016 vai, sobretudo, coroar todo um esforço realizado pelo conjunto da administração municipal”. E conclui: “Estamos entusiasmados para dar um novo passo adiante”.

Veja a íntegra da entrevista:

Como o senhor se sente ao administrar a cidade de Mineiros, hoje uma das maiores forças econômicas do Estado?
Agenor Rezende –
É uma honra para qualquer homem público estar à frente da gestão de um município que constroi uma grande história, que se tornou uma potência econômica graças à labuta diária de homens e mulheres que se dedicaram com imensa determinação à tarefa de erguer uma agropecuária forte que, na sequência, foi capaz de impulsionar também os setores da indústria e comércio. Mineiros é um dos esteios do processo produtivo da região Centro-Oeste e mantemos nossa força-tarefa para incrementar as nossas atividades, para que possamos superar esse período de dificuldades econômicas pelas quais passa o país e alcançar, na sequência, novos saltos de crescimento.

São inúmeras as nossas iniciativas para fomentar a economia de Mineiros. Nos orgulhamos muito de sediar em nosso território grandes unidades da indústria de transformação ligada ao setor primário, como o Frigorífico Marfrig, o Brasil Foods BRF-perdigão e a Odebrecht Agroindustrial. São grandes empresas que cumprem um papel essencial ao gerar milhares de empregos diretos e indiretos. Permanecemos com ações proativas que garantem o êxito dos setores agropastorial e industrial. Empreendemos importantes ações conjuntas com os diversos segmentos produtores. Na prefeitura, temos agido sempre com a perspectiva de se projetar o poder municipal como grande indutor do desenvolvimento econômico. Mineiros deu um passo adiante e vai continuar avançando, gerando mais progresso.

O senhor já foi vereador (presidente da Câmara Municipal), deputado estadual (presidente da Assembleia Legislativa), governador de Goiás, conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e, agora, prefeito de Mineiros. Qual função mais o motivou como político?
Agenor Rezende –
Tenho essa bênção de Deus, que é a vocação natural para o exercício de funções públicas, tanto no executivo como no legislativo. As coisas aconteceram de maneira natural na minha vida. Foi tudo muito espontâneo, dentro de períodos históricos específicos os quais não poderia me abster de dar a minha contribuição. Não nego: a política corre em minhas veias, mas sempre com propósitos bem definidos. Quero, sempre, servir as pessoas, lutar para que tenham melhores condições de vida, zelar para que realizem seus sonhos e sejam felizes. O poder público é um importante vetor para criar oportunidades e viabilizar a inclusão social. Todos os cargos que exerci foram importantíssimos e cumpriram um papel fundamental. Como vereador, pude oferecer a minha contribuição a Mineiros. Depois, na Assembleia Legislativa e no Governo de Goiás, participamos de grandes ações que em muito contribuíram para o crescimento do Estado. Agora, na Prefeitura de Mineiros, mantenho a mesma garra e o mesmo entusiasmo do início da caminhada. Todas as atividades me motivaram enormemente. Cada uma cumpriu uma missão num determinado período da história. Não há como escolher apenas uma.

Como prefeito de Mineiros, qual foi o maior desafio que o senhor enfrentou até então?
Agenor Rezende –
Sem dúvida, o início da gestão foi cercado de enormes desafios. Estávamos diante de tarefas muito complexas, desde as questões estruturais até as comportamentais. Tínhamos que motivar. A cidade enfrentava o marasmo, ao mesmo tempo em que nos debatíamos com a precariedade financeira tendo tarefas emergenciais.

Mas, como disse desde o início, não ficaríamos na lamentação, mas partiríamos para o trabalho duro. Colocamos como missão inicial recuperar a estrutura urbana e rural que passava por preocupante abandono. No mesmo sentido, fizemos uma grande limpeza das ruas e dos córregos que cortam o município, a roçagem do mato que tomava conta dos lotes baldios, as operações para tapar os inúmeros buracos. Mesmo sem recursos, passamos por essa fase de grandes dificuldades e começamos a recomposição das finanças da prefeitura para implantar os nossos compromissos de campanha.

Hoje, dentre inúmeras atividades, acabamos de realizar a 1ª Edição do Programa Prefeitura no Bairro, com serviços de tapa-buracos, sinalização de trânsito, manutenção e limpeza de córregos no setor Taninho. Além disso, realizamos inúmeros serviços, entre os quais a entrega da documentação para escritura pública dos imóveis que passaram pela regularização fundiária, atendimentos no setor de saúde, cadastramentos em programas sociais, matrículas em cursos profissionalizantes, atendimento jurídico, atividades de cultura e lazer.

Como estão as finanças do município hoje?
Agenor Rezende –
Enfrentamos a drástica redução de repasse financeiro por parte do Governo do Estado e Federal, ICMS e FPM. Desde o início, realizamos um grande ajuste com vistas a encontrar o equilíbrio. Foi uma ação muito bem articulada, que, por sua vez, implicou em grandes sacrifícios, com cortes drásticos nos gastos. Colocamos como tarefa naquele momento o máximo de rigor e economicidade, valorizando os recursos existentes para que pudessem ser transformados em serviços de qualidade, em obras e investimentos que resgatassem a autoestima de nossa cidade. Tivemos muito êxito nessa empreitada. Recuperamos o equilíbrio nas finanças, mas continuamos a nos deparar com os fatores estruturais da sociedade brasileira. A injusta partilha das riquezas produzidas no país, a superconcentração dos recursos no âmbito da União são aspectos que penalizam, sobretudo, os municípios. Nas últimas décadas foram inúmeros os encargos que atribuíram às cidades, sem que existissem as contrapartidas dos recursos que fossem suficientes para atender às crescentes demandas. Esses aspectos continuam a nos penalizar e se tornaram mais problemáticos com o recrudescimento da crise econômica nacional. Portanto, continuamos a fazer o dever de casa, atuando com o máximo rigor para fazer frente às nossas necessidades. Muito realizamos, mesmo neste cenário adverso. Neste contexto, as parcerias com o setor produtivo e a colaboração da sociedade têm sido fundamentais para que pudéssemos realizar muito e alcançar grandes conquistas.

Sua gestão já contabiliza mais de 100 obras. O senhor destacaria as mais importantes e revelaria por quê?
Agenor Rezende –
Parto do princípio de que toda obra é importante, desde as pequenas até as grandes. Cada empreendimento serve comunidades específicas e faz a diferença. Importa dizer que obras visam, sobretudo, melhorar a vida das pessoas. Por isso, todas são fundamentais e muito importantes.

Mineiros tem recebido um fluxo muito grande de novos moradores. A cidade está crescendo muito. Quais são os reflexos deste crescimento na administração? O que senhor tem feito?
Agenor Rezende –
Desde o início da gestão estamos atentos à nova realidade que surge com a industrialização: a atração de trabalhadores de diversas regiões do Brasil que para Mineiros vêm à procura de melhores condições de vida. Neste sentido, muito atuamos para diminuir o déficit no setor de moradias, uma necessidade que cresceu nos últimos anos. Queremos ampliar projetos habitacionais em parceria com o governo federal para garantir dignidade às famílias, principalmente as com menor poder aquisitivo.

Quem visita a cidade de Mineiros percebe que ela está limpa, bem cuidada, com investimentos significativos na área de urbanismo. Sua gestão ganha notoriedade neste aspecto, não é mesmo?
Agenor Rezende –
Sem dúvida, realizamos muito neste setor. Trabalhamos intensamente para que a cidade permaneça bem cuidada, com benefícios para todos os bairros. Transformamos a cidade em canteiro de obras. Fizemos muito no setor de pavimentação asfáltica. Intensificamos o trabalho de limpeza em áreas públicas. Os córregos são bem cuidados para garantir a saúde da comunidade. A revitalização do Lago Canto do Cerrado está concluída. Construímos pontes. O embelezamento em canteiros e praças está em plena atividade. O processo de sinalização de trânsito e as ações educativas visam tornar a mobilidade mais segura. O projeto Mineiros Mais Iluminada avançou com a troca de 1.200 conjuntos de luminárias.

A saúde pública de Mineiros é hoje uma das melhores em Goiás. Fale-nos sobre a atenção que o senhor tem dado ao setor.
Agenor Rezende –
Defendemos durante a campanha que nosso objetivo era resgatar o título “cidade-saúde”. Desta forma, adotamos inúmeras providências para recuperar a dignidade em nossas unidades de atendimento, para que possam prestar serviços com qualidade, em respeito ao paciente.

São inúmeras conquistas. Recentemente anunciamos em entrevista coletiva estes avanços que consolidam uma nova história neste setor no município: construção de seis Unidades Básicas de Saúde (UBS), ampliações e reformas dos postos já existentes, implantação de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), reforma do Hospital Municipal, contratação de mais profissionais da área, a consolidação de parcerias, a implantação de uma UTI e a abertura de inscrição para vestibular no curso de Medicina na Unifimes.

As diversas atividades visam a qualificação continuada dos profissionais para se garantir serviços de excelência a todos os usuários do sistema público. As campanhas de vacinação são frequentes. O prédio da Secretaria de Saúde foi reformado para melhor atender aos pacientes. A Prefeitura mantém transporte e casa de apoio para quem precisa fazer tratamento em Goiânia.

O Samu tem novas ambulâncias. O programa Melhor em Casa leva profissionais para tratar pacientes em estado grave nos próprios domicílios. A Academia

da Saúde proporciona bem-estar para a população. O projeto Cultivando Saúde faz atendimentos e prevenção. A Agência Transfusional volta a funcionar. São promovidas prevenções do câncer de mama e de próstata de forma unificada.

Implantamos em parceria com o Governo Estadual a tão esperada unidade do Instituto Médico Legal (IML).

Na área de educação, que balanço o senhor faz? Quantas vagas foram disponibilizadas com as últimas ações?
Agenor Rezende –
Recentemente a Prefeitura disponibilizou mais de 2 mil vagas para atender à educação infantil, pré-escola e ensino fundamental. Além disso, novos Cmeis estão em construção. Persistimos na meta de zerar o déficit de vagas, assim como ampliar e melhorar as condições físicas de escolas já existentes. A Prefeitura valoriza os professores e servidores que se dedicam à missão educacional. As diversas obras buscam ampliar unidades, reformar e modernizar as existentes, com mais salas de aula. Foram adquiridos equipamentos e mobiliários de primeira qualidade. Mais de R$ 240 mil estão sendo investidos na compra de um grande lote de aparelhos eletrodomésticos, eletrônicos e utensílios.

Quadras cobertas são edificadas para atividades esportivas e recreativas. O município oferece merenda balanceada e nutritiva. Diversas ações combatem o trabalho infantil. Mineiros recebe ônibus escolar pelo programa Caminho da Escola. O sinal de internet via satélite chega às escolas rurais do município. Os cursos de qualificação profissional visam preparar os jovens para o mercado de trabalho. No ensino superior, bolsas de estudos fornecidas pelo município beneficiam quase centenas de universitários.

Um de seus grandes compromissos de campanha foi solucionar o problema de abastecimento de água na cidade. Ele será cumprido?
Agenor Rezende –
A construção da nova Estação de Tratamento de Água (ETA) vai elevar de 500 mil para 1 milhão de litros de água/hora de qualidade para todos os moradores. Os investimentos são superiores a R$ 5 milhões. Além disso, a Prefeitura de Mineiros e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) desenvolvem ações efetivas no sentido de iniciar o processo de despoluição do Córrego Mineiros. Para que isso seja possível, está em andamento o projeto de uma nova Estação de Tratamento de Esgotos, nas proximidades do Setor Taninho. A recuperação às margens e canalização do esgoto oferecerá melhor qualidade de vida aos mineirenses, principalmente moradores da região ribeirinha.

Outra grande luta sua, juntamente com a direção da Unifimes, foi trazer para Mineiros o curso de medicina. Mais uma conquista, não é mesmo prefeito?
Agenor Rezende –
Sem dúvida, a implantação do curso de Medicina na Unifimes em muito beneficiará o município que tem passado por grandes transformações. Estou muito feliz por essa conquista a qual não medimos esforço para se tornar realidade. As parcerias têm sido fundamentais para viabilizar esse sonho. Somos um polo de medicina e a viabilização do curso, sem dúvida, projetará ainda mais o nosso município. Trata-se de um marco na história de Mineiros e da Unifimes em seus 30 anos de existência. Estamos em pleno processo de inscrições para o primeiro vestibular que oferece 60 vagas nesta etapa. As inscrições vão até o dia 13 de janeiro de 2016, e os exames serão realizados no dia 14 de fevereiro.

Como tem sido a convivência entre o Executivo e o Legislativo municipais?
Agenor Rezende –
Desde o início da gestão manifestei minha inteira disposição para as parcerias com todos os poderes constituídos. Pelas minhas origens como vereador, sempre tive um profundo respeito pela Câmara Municipal e tudo faço para garantir uma relação mais harmoniosa possível. Uma grande cidade como Mineiros só alcança novos saltos de desenvolvimento com a participação coletiva das instituições. Meu perfil é, sobretudo, democrático e considero muito importante ouvir o conjunto da sociedade sobre medidas e decisões. O Legislativo participa ativamente destas definições com seus questionamentos, críticas e sugestões. O papel fiscalizador cabe aos vereadores e temos um grande respeito por cada um dos pares. Manteremos o máximo de transparência e continuaremos a buscar parcerias com a Câmara Municipal nesta grande ação em prol de Mineiros.

Mineiros tem recebido a atenção necessária do Governo Federal?
Agenor Rezende –
Onde existirem recursos disponíveis no plano federal, Mineiros estará sempre a postos para buscá-los, especialmente para suprir nossas demandas nos setores de saúde, educação, infraestrutura. Infelizmente, como todos os municípios brasileiros, Mineiros ressente-se da injusta distribuição dos recursos no Brasil, uma pesada herança histórica que traz inúmeros percalços para as gestões. Foram tantos os encargos destinados aos municípios sem que existisse a contrapartida dos recursos para que as comunidades possam ser assistidas com mais dignidade. O país precisa firmar um novo pacto federativo, que redefina, de modo adequado e justo, as responsabilidades de cada ente federado. Enquanto isso, continuamos a buscar boas parcerias em Brasília para dar sequências às obras e empreendimentos essenciais para nossa cidade.

Quais serão as prioridades para 2016, seu último ano de governo? Alguma área da administração receberá mais atenção?
Agenor Rezende –
O ano de 2016 vai, sobretudo, coroar todo um esforço realizado pelo conjunto da administração municipal. Alcançamos grandes vitórias e realizamos muito. São mais de 100 obras e benfeitorias de qualidade. Nossa cidade permanece em constante transformação. São quase três anos de desenvolvimento ininterrupto, com atividades positivas que colaboram de maneira efetiva para o bem-estar de todos. As inúmeras realizações são resultado da correta gestão, do rigor no trato para com os recursos públicos, da grande seriedade e responsabilidade de um governo municipal que sempre privilegia os interesses maiores do conjunto da sociedade. Para o próximo ano, vamos manter o ritmo intenso de trabalho para que a crise na economia nacional não afete de maneira drástica o desenvolvimento econômico do município. Vamos permanecer buscando parcerias para realizar novas obras. Queremos, sempre, empreendimentos e serviços de qualidade.

Como está a base política que o elegeu? Ela está coesa em torno de sua administração?
Agenor Rezende –
Buscamos valorizar desde o início os parceiros da base aliada, por isso tenho contado com o seu apoio administrativo. Queremos, sempre, valorizar a atividade política como instrumento positivo para fazer avançar e alcançar novas conquistas, como são os casos do curso de Medicina, das novas unidades na saúde, da valorização do setor educacional, das iniciativas que hoje mudam a paisagem e a infraestrutura de Mineiros.

Seu nome aparece nos bastidores políticos como pré-candidato a Prefeito. O senhor pretende postular a reeleição?
Agenor Rezende –
Estamos muito focados na gestão, na viabilização de obras para Mineiros e tudo tem o seu tempo. Nossas definições políticas vão ser processadas no início de 2016 e vamos nos esforçar muito para que todo o trabalho que realizamos tenha plena continuidade. Vamos insistir no nosso estilo de trabalho intenso em prol da população, com muita responsabilidade e seriedade.

Estamos chegando ao final de ano, qual sua mensagem. O que a população de Mineiros pode esperar do Governo Agenor em 2016?
Agenor Rezende –
Quero transmitir à população de Mineiros a nossa mensagem de fé, otimismo e plena confiança no presente e no futuro de nossa cidade. O ambiente de profunda instabilidade na política e na economia nacionais não pode, em nenhuma hipótese, abalar as nossas convicções e ideais no sentido de construir uma sociedade solidária e fraterna. O Natal e o Ano Novo são momentos muito especiais na vida de nossas famílias. Devemos, mais do que nunca, semear gestos e atitudes cristãs, sempre com o acolhimento aos que mais precisam. Na prefeitura, temos absoluta certeza de que 2016 será um ano de colheita em abundância dos frutos das sementes que lançamos ao logo de três anos de muito trabalho e determinação para vencer adversidades e construir um ambiente favorável a investimentos. Novas e importantes obras serão realizadas ao mesmo tempo em que aperfeiçoaremos a prestação de serviços à população. Em tudo, rogamos a Deus para que continue a derramar bênçãos sobre Mineiros, para que cada morador possa conduzir suas vidas com saúde, prosperidade, harmonia e paz.

São os nossos votos à todos.

Compartilhar: