Pesquisa revela as mentiras que os solteiros consideram mais graves

FOTO: REPRODUÇÃO

Segundo a pesquisa, a mentira que mais já foi contada por homens (44%) e por mulheres (30%) na paquera é sobre não estar comprometido

Por conta do Dia da Mentira, comemorado no dia 01 de abril, o ParPerfeito (www.parperfeito.com.br), maior site de relacionamento do Brasil, resolveu descobrir como os homens e as mulheres lidam com o assunto. Para isso, foi realizada uma pesquisa com 4 mil solteiros do site que mostra que as mentiras são mais graves para as mulheres do que para os homens. Para a maioria do público feminino (52%) perceber que o parceiro não está falando a verdade é motivo para terminar um relacionamento, já a maior parte dos homens (65%) acha que essa desconfiança não é motivo para colocar fim ao relacionamento. 

Quando perguntados se mentem para os pretendentes, homens e mulheres são unânimes em dizer que não mentem para seus parceiros. Outro resultado interessante é que o público masculino se sente mais seguro sobre identificar quando que a parceira está mentindo, já que 61% deles dizem saber quando uma mentira é contada contra 51% das mulheres que confiam no seu sexto sentido para perceber "deslizes" do pretendente. 

Ainda segundo a pesquisa, a mentira que mais já foi contada por homens (44%) e por mulheres (30%) na paquera é sobre não estar comprometido. E curiosamente, para ambos os sexos, essa foi considerada a mentira mais grave que um pretendente pode contar!

Para Rosana Braga, consultora de relacionamento do ParPerfeito, a pesquisa deixa claro que as mulheres mentem mais sobre questões que têm a ver com a aparência e status social, tais como idade, profissão e região onde moram. Enquanto os homens mentem mais sobre estarem comprometidos, terem filhos e já terem se relacionado com outras pessoas conhecidas. "Isso fica claro quando são questionados sobre o que consideram mentiras graves. Para as mulheres, o que mais importa é saber sobre a fidelidade e o passado deles. Já para eles, o que mais importa é saber quem elas são de verdade e, claro, se estão comprometidas", analisa.

Agora, existem outras mentirinhas que não são tão graves assim, mas que irritam! Os homens afirmaram não aguentar aquele papo de "ele é só meu amigo", pois 35% selecionaram essa como a mentira mais irritante para eles. Outra frase que chateia os meninos é "não está acontecendo nada", opção escolhida por 21% dos entrevistados. Já 67% das mulheres contaram que ficam muito bravas quando ouvem "não estou saindo com mais ninguém. Só com você!", quando isso não é verdade. Na segunda posição, aparece o clássico "acabou a bateria do meu celular".

"Mentir ou falar a verdade é um comportamento que faz parte da escala de valores de cada um, mas o que motiva um homem ou uma mulher a mentir é sempre a tentativa de dizer a coisa certa para agradar ou para evitar desentendimentos. Porém, no final das contas, quanto mais uma pessoa mente, mais fica evidente sua imaturidade para lidar com os fatos como eles são", analisa a consultora de relacionamento do ParPerfeito. "Mentir pode se tornar um hábito muito destrutivo e que vai distanciar o mentiroso cada vez mais de sensações autênticas de satisfação, leveza e autoestima. Quando uma pessoa se descobre esquivando-se demais das verdades, o melhor é procurar ajuda de um especialista para aprender a assumir sua vida e sua história, sem que isso signifique um risco tão grande e tão insuportável", finaliza.

Compartilhar: