Historiador critica “Vai Malandra”, de Anitta: “Exemplo da decadência cultural do Brasil”

Reprodução/Internet

Historiador Marco Antonio Villa criticou ferozmente o último clipe da cantora

Que Anitta não é unanimidade entre as pessoas, assim como todo grande artista, isso não é novidade. Porém, o historiador Marco Antonio Villa fez questão de exaltar sua insatisfação com a cantora na manhã de terça-feira (9), em sua participação no “Jornal da Manhã”, da Jovem Pan.

Ao comentar o hit “Vai Malandra”, Villa não poupou críticas à letra e disse que Anitta é “o melhor exemplo da decadência cultural do Brasil”, além de classificar o clipe da canção como “uma das coisas mais reacionárias que eu vi na minha vida”.

“A desqualificação da mulher é um absurdo. Não vou chamar de versos a letra, que seria exagero. Ela está com uma bota com a bandeira do Brasil”, criticou ele.

“Bons tempos quando a Anita era Garibaldi. Agora, Anitta é da elite brasileira! A elite gosta da Anitta! Sim, é uma elite medíocre, medíocre, que odeia cultura, odeia museu, odeia patrimônio histórico. É a elite da Anitta, rastaquera, ignorante. E essa moça representa o Brasil. No último Grande Prêmio de Fórmula 1, ela cantou o Hino Nacional. Eu sugeri que neste ano seja Pabllo Vittar. É, já que é para escrachar, vamos escrachar o país! É uma vergonha dizer que essa senhora nos representa”, disparou. (RD1.COM)

Olhe link da matéria completa:
https://rd1.com.br/historiador-critica-vai-malandra-de-anitta/

 

Compartilhar: