Demi Lovato não quer ser rotulada como bipolar

Reprodução/Instagram

Cantora foi diagnosticada com doença aos 18 anos

Demi Lovato sempre foi verdadeira sobre sua saúde mental, mas não quer ser conhecida apenas por isso. Em entrevista ao podcast Label Defiers, a cantora afirmou que não quer ser rotulada por sua doença.

"Acho que quando as pessoas se referem a mim como bipolar, é algo verdadeiro – eu sou bipolar -, mas não gosto que usem isso como um rótulo. É algo que eu tenho, e não quem eu sou", disse.

"Eu acho que (ser conhecida como) Demi Lovato, ativista, é algo que me faria muito orgulhosa", continuou. "Eu acho importante falar sobre as coisas em que você acredita, porque sua voz será ouvida, independente da posição que você estiver. E eu simplesmente estou em uma posição em que mais pessoas ouvem a minha voz do que 10, 15 anos atrás".

Aos 18 anos, Lovato foi para a reabilitação sofrendo de depressão, distúrbios alimentares e automutilação. A cantora foi diagnosticada bipolar e desde então trabalha para ser uma influência positiva para seus fãs e alertar para a causa da saúde mental. (BAND.COM)

Olhe link da matéria:
http://entretenimento.band.uol.com.br/famosos/noticia/100000869642/demi-lovato-nao-quer-ser-rotulada-como-bipolar.html

Compartilhar: