Cunhado de Ana Hickmann afirma ter agido em legítima defesa

FOTO: REPRODUÇÃO

Quem não se lembra, Gustavo entrou em uma luta corporal contra Rodrigo Augusto de Pádua permitindo que Ana e Giovana fugissem

Após o atentado de um suposto fã que ameaçou a vida de Ana Hickmann e deixou Giovana Oliveira internada após receber tiros, o cunhado da apresentadora, Gustavo Corrêa, está sendo agora acusado de homicídio.

Quem não se lembra, Gustavo entrou em uma luta corporal contra Rodrigo Augusto de Pádua permitindo que Ana e Giovana fugissem, e durante essa disputa ele conseguiu efetuar disparos, que acabaram tirando a vida do suposto fã. 

Após essa reviravolta no caso, Ana se pronunciou por meio de seu Instagram afirmando estar indignada pela decisão do promotor de entregar ao Tribunal do Júri do Fórum de Lafayette uma denúncia acusando Gustavo de homicídio. Agora, chegou a vez dos advogados da família se pronunciarem por meio da assessoria de imprensa. O comunicado diz o seguinte:

A defesa de Gustavo Corrêa repudia veementemente os termos da denúncia ofertada pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais, contrariando o excelente trabalho realizado pela polícia civil do estado, onde concluiu, após longa e exaustiva investigação, que houve uma ação em legítima defesa. Ressalta ainda que todas as medidas cabíveis serão adotadas para comprovar a inocência do nosso cliente.

Compartilhar: