Cardiologista dá 12 dicas para brincar o carnaval sem comprometer a saúde

FOTO ILUSTRATIVA

Para o especialista, o ideal é a moderação com cuidados preventivos. Ele sugere precauções que vão manter o folião mais saudável nestes dias de carnaval

Blocos, reunião de amigos, desfiles, descontração e muita folia. Para milhões de brasileiros, o carnaval é um dos melhores períodos do ano. "Temos de ficar atentos, também, ao que pode afetar a saúde, como elevadas temperaturas, grande consumo de bebidas alcoólicas, poucas horas de sono e alimentação inadequada", observa o médico cardiologista Humberto Jorge Isaac, vice-presidente da Central Nacional Unimed.

Para o especialista, o ideal é a moderação com cuidados preventivos. Ele sugere precauções que vão manter o folião mais saudável nestes dias de carnaval 

1- Faça refeições leves e nutritivas, à base de saladas, frutas e grelhados.

2- Beba muita água 

3- Não compre lanches e bebidas de ambulantes. Dê preferência a bares e food trucks com boa higiene e produtos refrigerados.

4- Não exagere nas bebidas alcoólicas e não fume.

5- Use roupas adequadas ao calor e à folia (bermudas e camisetas de algodão).

6- Poupe suas energias. Se sair em um bloco à tarde, descanse à noite, ou vice-versa.

7- Não fique várias noites sem dormir. Esse desgaste se refletirá durante e após o carnaval.

8- Portadores de doenças crônicas (diabetes, hipertensão, problemas cardíacos, alergia a glúten, por exemplo) não podem interromper a medicação neste período.
Use protetor solar e bonés. E a exposição ao sol das 10h às 17h.

9- Se tiver restrições de saúde para brincar em aglomerações públicas, promova uma pequena festa em sua casa ou no salão de festas do prédio.

10- Não se aproxime muito de caixas de som para não comprometer sua saúde auditiva.

11- Use preservativos em relações sexuais.

Compartilhar: