Temer recebe príncipe da Noruega e destaca ampliação de acordos

Foto: Reprodução

Enfrentando protesto, presidente em exercício, Michel Temer, recebeu príncipe herdeiro Haakon da Noruega

O presidente em exercício, Michel Temer, recebeu nesta segunda-feira, 16, o príncipe herdeiro Haakon da Noruega, e, em uma breve declaração à imprensa, destacou a ampliação de acordos comerciais entre os dois países e a solidariedade de ambos à França, vítima de atentados terroristas nesta sexta-feira, 13.

"Iniciamos o nosso diálogo com o nosso pesar por aquilo que aconteceu na França, em Paris. Um ato de terrorismo repudiado pelo mundo todo e expressamente repudiado pelo nosso País", disse Temer, que destacou que o Palácio do Planalto hoje está com as cores da bandeira francesa. 

O presidente em exercício destacou a importância da parceria Brasil-Noruega e disse que a evolução do intercâmbio comercial é "extremamente positiva". "Basta registrar que esse intercâmbio entre 2005 e 2014 cresceu mais de 145%, passando de US$ 740 milhões em 2005 para US$ 1,8 bilhão em 2014", afirmou.

Temer disse ainda que as trocas econômicas com a Noruega devem crescer após a visita já que "a comitiva norueguesa traz inúmeros empresários dispostos a aplicar no Brasil".

Em sua fala, o príncipe se disse "profundamente entristecido" com os ataques terroristas em Paris. "Mais uma vez, somos lembrados o quão importante é salvaguardar os nossos valores democráticos em comum. Meus pensamentos estão com as famílias em luto e todos aqueles diretamente afetados", disse Haakon.

Ao destacar os acordos comerciais entre os dois países, o príncipe afirmou que a cooperação entre empresas brasileiras e norueguesas tem aumentado nos últimos dez anos e que, das 150 empresas de seu país que atuam no Brasil, boa parte tem feito investimentos "substanciais de longo prazo". 

"Ambos os nossos países são grande produtores de petróleo e estamos cientes de que temos que nos adaptar a tempos mais desafiadores", disse o príncipe, que destacou também a cooperação em educação e pesquisa. "Graças ao excelente programa Ciência Sem Fronteiras, nossa cooperação nesta área está mais forte do que nunca", afirmou. 

O príncipe, que está acompanhado de ministros e empresários noruegueses, ainda cumprirá agendas no Rio de Janeiro amanhã e irá à capital paraense, Belém, para um seminário de biodiversidade e alterações climáticas. 

Na quinta-feira, ele visitará o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) para apresentar instrumentos antidesmatamento. "A Noruega forneceu US$ 1 bilhão para apoiar o impressionante progresso brasileiro na redução do desmatamento. O Brasil é verdadeiramente um líder mundial nesta área", disse o príncipe ao lado de Temer. 

Após a coletiva, Temer e o príncipe participam de um almoço ofereço a comitiva Norueguesa no Itamaraty. No brinde, o vice-presidente convidou os empresários noruegueses a investir no programa de logística do País.

Ato pró-intervenção militar faz Temer chegar após príncipe da Noruega em almoço
Um grupo de manifestantes a favor da intervenção militar no Brasil parou o trânsito em frente ao Itamaraty e alterou a programação do almoço entre o vice-presidente Michel Temer e o príncipe herdeiro Haakon da Noruega.


Na chegada ao palácio, o comboio do vice e do príncipe tiveram que desviar do protesto, o que fez com o que o norueguês chegasse ao local antes de Temer. Pelo protocolo, o vice deveria receber Haakon para iniciar a confraternização.

Na saída, por questão de segurança, o príncipe herdeiro da Noruega deixou o local pelos fundos do prédio. Temer saiu em seguida, sem falar com a imprensa.

Compartilhar: