População Brasileira já passa dos 15 milhões de idosos

FOTO: REPRODUÇÃO

Esta população tende a crescer ainda mais nos próximos anos, com a estimativa de que no ano de 2022, o número de idosos no país chegue a 30 milhões, representando 13% da população do Brasil

O Brasil já foi considerado o país do futuro devido o alto número de jovens no país, mas esta realidade vem mudando a cada ano. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), atualmente existem no país uma população de mais de 15 milhões de idosos (8,6% da população brasileira), sendo a maioria destes, mulheres.

Esta população tende a crescer ainda mais nos próximos anos, com a estimativa de que no ano de 2022, o número de idosos no país chegue a 30 milhões, representando 13% da população do Brasil. Uma das razões desta alta é o aumento da qualidade de vida, aliada a queda de fecundidade.

Observando esse crescimento na expectativa de vida, a Gerontologia é uma das áreas que mais se tornam promissoras. O especialista nesta área tem como função prestar o atendimento a pessoas idosas e também qualificar profissionais de saúde e afins para assistência à população a este grupo, com atendimento ético, digno e de qualidade.

O gerontólogo pode trabalhar, em hospitais, centros de convivência, serviços de assistência domiciliar, entre outros lugares onde se encontram pessoas idosas. Profissionais de qualquer área podem fazer um curso em gerontologia. É importante lembrar que o especialista em gerontologia não pode atuar como geriatra, médico especializado no atendimento a pessoas de idade avançada.

Compartilhar: