Morre atriz Rogéria aos 74 anos no Rio de Janeiro

Reprodução/Internet

A atriz transgênero teve uma infecção urinária

Rogéria, de 74 anos, morreu na noite desta segunda-feira, dia 4, pouco depois de voltar a ser internada em um hospital na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.
A atriz sofreu de uma nova infecção urinária, recentemente ela também havia tratado um quadro de pneumonia. 
"Rogéria se foi, gente! Ela sofreu com a volta da infecção, o coração e pulmões complicaram, voltou para a UTI, foi entubada, mas não aguentou", informou a apresentadora Sonia Abrão no Twitter. Outros famosos também lamentaram a perda.
Rogéria nasceu em 1943, no interior do Rio de Janeiro, e seu nome de batismo era Astolfo Barroso Pinto. Passou a usar roupas femininas e maquiagem ainda na adolescência e, apesar de se considerar transgênero, não quis realizar uma cirurgia de mudança de sexo.
Foi maquiadora na extinta TV Rio e trabalhou como jurada em programas de auditório na década de 90 e nos anos 2000. Integrou júri nos programas de Chacrinha, Gilberto Barros e Luciano Huck.
Na TV também fez participações especiais em "Tieta", "Desejo de Mulher", "Duas Caras", "Babilônia" e "Sai de Baixo". Atuou também no teatro, e chegou a ser premiada com o Troféu Mambembe em 1979, pela peça "O Desembestado". Ao lado de outras travestis pioneiras no Brasil, protagonizou o espetáculo "Divinas Divas", que em 2016 se tornou um belo documentário dirigido por Leal.(BAND.COM)

Olhe link da matéria completa:
http://entretenimento.band.uol.com.br/famosos/noticia/100000874551/morre-atriz-rogeria-aos-74-anos-no-rio-de-janeiro.html

 

Compartilhar: