Por um 2016 mais feliz e produtivo

Foto: Reprodução

Heloísa Capelas - Pós- graduada em Administração com ênfase em Recursos Humanos, Graduada em Assistência Social, Consteladora Sistêmica, Coach, Master Practitioner em PNL

É quase unânime a opinião de que o ano passou muito rápido. E o que isso, muitas vezes, gera de ruim, é a sensação de oportunidades perdidas, de coisas por fazer, de relacionamentos distantes etc. Realmente isso é bem comum.

A saída para esta angústia está cada vez mais na consciência. O que você está fazendo aqui com o espaço que ocupa e com o tempo que tem? Sim, e esta é individual, indivisível e de autorreconhecimento. Reconhecimento por ter usado melhor o tempo para encerrar dizendo: “eu tive um ano útil”. A insatisfação, claro, é natural ao ser humano e nos auxilia a evoluir. Mas o que percebo e recebo de relato é que existe uma autocrítica feroz a nosso próprio respeito, uma cobrança muito grande. É isso o que me motiva a lhe escrever hoje.

Se esta é uma época que já convida você a fazer avaliações, a faça de forma honesta. Teve muita perda de tempo, mas teve muita coisa interessante que você fez? Conseguiu? Concluiu? Então, parabenize-se, reconheça-se!

Para o seu hoje, para o novo ano que se aproxima e sua construção futura, é preciso preparo para ser mais feliz e positivo, mesmo diante de tantas coisas ruins acontecendo ao redor. Não pense que é só acreditar ou que as coisas mudam como um passe de mágica.

Se você estiver presente e consciente neste tempo, vai perceber como tem sido seu comportamento, seus pensamentos, seus impulsos, seu piloto automático. Não se deixe levar pela rotina, pois ela pode nos destruir, apesar de nos dar segurança porque já é um terreno conhecido. Até, por isso, quando algo nos tira da rotina, a gente fica bravo, em vez de ver a oportunidade de fazer algo novo e diferente.

Consciência leva você a perceber o que está fazendo consigo mesmo e ver a oportunidade deste tempo. Vivemos uma revisão de valores em âmbito nacional. O momento é ideal para que reavalie o que deseja e o que pretende mudar, agora, e em 2016, 2017, 2018…

A única possibilidade real de eu fazer mudanças é sempre a partir de mim. Olhando pra mim e vendo como estou e, de fato, como quero estar. O que quero para mim.

Então, o que você quer para você? Eu desejo que você busque ser melhor, dentro e fora de você, e, primeiro, para si mesmo. Não deseje primeiro pelo outro. Deseje sim a você. Leve mais amor e oxigênio à sua vida. Esta é a principal mudança para alinhar suas atitudes e conquistas com o que busca de felicidade, harmonia e sucesso, e ai sim, para beneficiar quem está ao seu redor.

Eu, continuarei, sempre torcendo por você.

Heloísa Capelas – Pós- graduada em Administração com ênfase em Recursos Humanos, Graduada em Assistência Social, Consteladora Sistêmica, Coach, Master Practitioner em PNL , Expert em Processos Transformativos e no Desenvolvimento do Potencial Humano por meio do estímulo da Competência Emocional.

Compartilhar: